Escravidão, doenças e práticas de cura

Recém-lançado e disponível para download novo livro que a prof.ª Tania Salgado Pimenta organizou conjuntamente com o prof.º Flavio Gomes (UFRJ) "Escravidão, Doenças e Práticas de Cura no Brasil" - Fruto do projeto de pesquisa financiado pelo CNPq/Fiocruz.
Mime default
13 MB, Unknown (.pdf)
Updated by ell 2017-01-13
 

n entendi a partir do titulo do que se trata, pareceu confuso/estranho. Cura da escravidão?

 
 

com certeza não é cura da escravidão… a população negra escravizada no brasil passou por inumeras dificuldades e uma delas foram as doenças. muitas vezes mazelas decorrentes dos translado entre áfrica e brasil no cativeiro dos navios, também doenças decorrentes dos maus-tratos e do trabalho forçado pelo homem branco colonizador. enfim, pelo que vi brevemente o texto vai mais em busca dessa relação entre as doenças e as práticas de como cura-la pela população negra escravizada. parece bem interessante!

 
   

“Recuperar uma história dos corpos envolvidos em tão duras condições de subalternidade e, ao mesmo tempo, rever as narrativas propostas por uma história da medicina monopolizada pelo saber médico masculino, eurocentrado e aparentemente vitorioso, é um limite que começamos a alcançar por meio de novos estudos e abordagens, presentes neste livro. Os textos também nos ajudam a entender práticas dos próprios escravizados que cuidavam de seu corpo a partir de ensinamentos trazidos de seu continente e experiências pregressas. Voltamos, portanto, nossos olhos, mais uma vez, para corpos escravizados, mas neles descobrimos horizontes de experiências das durezas da escravidão e das alegrias das vivências sociais, comunitárias, familiares e amorosas”